Devo aceitar um cargo de liderança?

Para muitos não há o que pensar, os colegas em sua maioria incentivam, enumeram os benefícios, pensam no status, na remuneração, mas poucos param para analisar o quanto o cargo em questão tem a ver com suas metas de carreira, com seus valores e se há interesse em se desenvolver para ocupar essa posição.

Nem todo profissional quer ser gerente!

Um excelente técnico pode querer se manter na área técnica, se tornar um especialista ou optar por ser um líder técnico.

Muitos optam por um cargo de liderança pensando na sensação de poder e ignoram toda a responsabilidade desse papel se utilizando da influência do cargo para intimidar e conseguir o que desejam de maneira mais rápida, ignorando processos e muitas vezes conflitando com a cultura da empresa.

Certa vez, um gerente recém promovido, me disse que nunca havia usado tanto o crachá como naquela semana, que o crachá estava abrindo portas e que todos os respeitavam a partir daquele momento.

Esse profissional estava ciente do papel dele como líder naquele momento?

Ele tinha noção da importância de sua posição e o quanto poderia ajudar o negócio?

O que se espera de um líder é exemplo, um líder inspira seus funcionários, gera confiança e estímulo, conhece sua equipe, seu nível de maturidade e como está diante do negócio, delega e cria condições de desenvolvimento.

Como deve ser a equipe com quem esse líder quer trabalhar?

Que tipo de líder ele tem que ser para gerar essa equipe?

É comum encontrar profissionais promovidos a cargos de liderança com pouco ou nenhum preparo para assumir os desafios que o cargo exige.

O cenário é dinâmico, envolve gestão de pessoas, gestão de conflitos, clima organizacional, negociação, inteligência emocional, além de outras responsabilidades e fatores que não dependem somente do gestor.

Na rotina de uma empresa ocorrem situações diversas e para cada uma delas será exigida uma forma de atuação.

A empresa possui princípios baseados em seus valores, missão e visão, o líder precisa manter sua equipe alinhada quanto às expectativas da empresa, para isso, a comunicação é uma competência muito importante. O gestor precisa de tempo para falar com sua equipe.

Assim, o profissional consegue fazer uma autoanálise, afim de validar, se seus valores e suas perspectivas estão alinhadas com as expectativas da empresa e buscar alternativas de crescimento dentro ou fora.

Portanto, ao receber uma proposta para um cargo de liderança é preciso analisar o impacto dessa decisão em todas as áreas da sua vida.

Se há um interesse genuíno por gestão, siga em frente, torne-se exemplo para que outros possam seguir os seus passos.


Posts Em Destaque
Posts Recentes